Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

Noticias da terrinha de TK

Sexta-feira (15) de Novembro de 2017, Dia amanheceu já prometendo muita chuva nas próximas horas. Bom feriado a todos.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Pastores são libertados após oficial de prisão ser visitado por Jesus em sonho

Os pastores foram libertados de sua cela depois que o oficial de prisão sonhou com Cristo. (Foto: Reprodução)

Os pastores foram libertados de sua cela depois que o oficial de prisão foi visitado por Jesus em sonho. Após a milagrosa libertação, o agente se converteu e foi batizado.

Dois pastores e dois muçulmanos convertidos ao cristianismo foram libertados de sua cela depois que o oficial de prisão foi visitado por Jesus Cristo em sonho. Após a milagrosa libertação, o carcereiro se converteu e foi batizado, conforme relato da organização Bibles 4 Mideast.

Os pastores Irshad e Munvar foram detidos junto a outros dois cristãos, Farooq e Riyas, numa prisão secreta no Oriente Médio. Os nomes foram alterados por razões de segurança.

Eles foram levados pela polícia na semana passada, quando estavam orando durante um estudo bíblico. Os pastores estavam discipulando os dois ex-muçulmanos, que estavam frequentando a igreja subterrânea há dois meses e se preparavam para o batismo.

A polícia os espancou brutalmente e os levou apresentou à corte da Sharia (lei islâmica). “Fomos acusados ​​de blasfêmia contra o profeta Maomé e de levar muçulmanos para uma falsa religião. O tribunal ordenou que fossemos levados para uma prisão secreta”, lembra o pastor Irshad.

O grupo passou por grandes dificuldades na prisão nos dois primeiros dias. “Fomos amarrados e espancados pelos policiais com uma barra de aço. Eles nos serviam apenas um pedaço de pão por dia. Nunca pensamos que a gente poderia sair da prisão. Esperávamos ser condenados à morte”, confessa o pastor.

“Perguntamos ao Senhor: ‘Onde você está? Por que não vem nos salvar?’. Oramos: ‘Se cometemos algum pecado, nos perdoe e nos purifique pelo Teu sangue precioso, e nos salve desta situação’. E nós repetimos por várias vezes: ‘O sangue de Jesus é a nossa vitória!’. Lembramos dos sofrimentos do nosso Senhor e isso nos trouxe conforto e paz”, relata Irshad.

Milagre na prisão

No terceiro dia, um oficial de alto escalão da prisão visitou a cela dos cristãos. “Ele pediu aos guardas para desamarrarem as nossas mãos, mas não conseguimos ficar em pé. O próprio oficial passou uma loção em nossas feridas e ordenou que os guardas nos dessem boa comida. Então ele voltou para sua sala oficial”, lembra o pastor.

Os cristãos chegaram à conclusão de que foram bem tratados porque seriam mortos. Na noite seguinte, o oficial retornou sozinho à cela. “Ele sentou no chão com a gente, segurou nossas mãos e pediu para orarmos por ele”, disse Irshad.

Naquele instante, o oficial revelou que sonhou com Jesus Cristo na semana anterior. Nele, Jesus estava sentado num trono, e uma forte luz girava ao seu redor. Milhões de anjos obedeciam suas ordens. Estrelas grandes e pequenas também o cercavam. Jesus levantou as mãos e mostrou suas marcas de perfuros. O sangue estava escorrendo.
Cela de uma prisão em Faluja, cidade do Iraque. (Foto: Hawre Khalid/The Washington Post)

O sonho se repetiu nos dois dias seguintes, e o oficial começou a pesquisar sobre Jesus Cristo na internet. Na próxima noite, ele teve outro sonho. Jesus apareceu diante dele e disse: "Meus filhos estão sendo torturados em sua prisão. Deixe eles saírem. Meus filhos são a menina dos meus olhos".

Depois de sua experiência com Deus, o oficial passou três dias dentro da cela junto com os cristãos, fazendo orações e aprendendo mais sobre a Bíblia. Ele aceitou Jesus Cristo como seu Salvador.

Depois disso, o oficial pediu aos carcereiros e guardas que se afastassem dos cristãos. “Eles pensaram que nós éramos de seu povo e começaram a nos tratar bem”, disse o pastor.

Liberdade em Cristo

O oficial preparou alguns papéis para solicitar a liberação dos prisioneiros no tribunal. Primeiramente, o pedido foi rejeitado pela corte. No entanto, a solicitação foi atendida depois dos fortes argumentos dados pelo oficial.

Depois de serem soltos, os cristãos foram levados para a casa do oficial. “Ele nos acolheu e oramos juntos. No final, ele nos pediu para ser batizado. Dissemos: ‘Se você crê plenamente em Jesus Cristo, poderá ser batizado’. Ele respondeu: ‘Eu creio em Jesus Cristo, que foi crucificado, morreu por mim na cruz e ressuscitou dentre os mortos. Eu creio Nele como meu Senhor e Salvador, com todo o meu coração e alma’. Então o batizamos. Junto com ele, Farooq e Riyas também receberam o batismo”, lembra o pastor Irshad.

Logo depois, o oficial conduziu os cristãos a um local de segurança em seu carro. No caminho, ele os aconselhou: "Continuem sua obra para o Senhor, mas vocês devem ter cuidado. Esse ministério deve ser muito, muito secreto. Porque as autoridades do governo, as autoridades religiosas, os tribunais e a polícia não irão aceitar vocês e suas obras. Mas o Reino de Deus está próximo, e nós temos uma eternidade nos esperando".

“Sinceramente, não estamos preocupados, porque nosso Senhor apareceu para nós durante nossas dificuldades. Em todos os tempos sentimos Sua presença e Seu conforto. Ele está conosco”, afirma o pastor. “Agradecemos a todos que jejuaram e oraram por nós. Nosso Senhor Jesus Cristo é digno de ser louvado!” Guiame
Postado por Josiel Dias

Nenhum comentário: