Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Servidores denunciam que Prefeitura de Cruzeiro do Sul atrasa salários de provisórios há 5 meses

A reclamação é a mesma: salários atrasados, alguns com três meses sem receber, e outros já chegam aos cinco. Essa situação é passada pelos funcionários públicos provisórios da Prefeitura de Cruzeiro do Sul, a maioria deles são das secretarias de obras, agricultura e saúde.

Edilson [foto] é um deles, ele trabalhou sete anos como servente de pedreiro pela Secretaria de Obras, e nos últimos meses passou a enfrentar a dificuldade de chegar o final do mês e não cair nada na conta, agora foi demitido, tem três meses de salário atrasados para receber, além da rescisão, e até o momento nenhuma informação de quando deve receber o que tem direito.

José Vagner está na mesma situação, trabalhava como pedreiro há cinco anos, foi demitido depois de passar três meses sem receber. “O pessoal do supermercado, luz, água, não vão entender a situação que passamos hoje, eles querem receber, e nós queremos receber para pagar. Eles estão tratando nós como cachorros, não explicam”, relatou à TV Juruá.

Uma mulher, que trabalha pela Secretaria de Saúde, afirma que já está prestes a completar cinco meses sem ver a cor do salário, mesmo assim prefere não se identificar, segundo ela, servidor provisório pode ser demitido a qualquer hora.

“Se não fosse nossa família para ajudar nós, nós estávamos passando fome. Tem dia que a gente abre a geladeira e não tem nada, e eles ainda querem que tenhamos calma. Estou muito preocupada, pois quando passar para outra administração não terão responsabilidade nenhuma”, destacou a funcionária.

Adílio Correia trabalha na limpeza pública, ele estava há três meses sem receber, mas nesta terça-feira teve um alívio, ele e a família, a Prefeitura pagou dois dos três meses em atraso. “Deu para pagar uma continhas no supermercado e comprar uma comida para levar para casa, deu uma aliviada boa”, contou.

O setor de administração da prefeitura foi procurado para comentar sobre o caso, mas não informou a quantidade de funcionários que estão nesta situação. A administração informou que até o fim do mandato desta gestão todos os funcionários devem ter seus pagamentos quitados.

João Renato Jácome 27/10/2016 10:24:47

Nenhum comentário: