Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

quinta-feira, 6 de julho de 2017

TARAUACÁ: SERVIDORES DA EDUCAÇÃO MUNICIPAL DEFLAGRAM GREVE



Em assembléia realizada na tarde desta quarta feira, 5 de julho, os servidores da educação municipal decidiram suspender as atividades, até que a prefeitura reveja algumas medidas e apresente uma proposta de reposição das perdas salariais que contemple os anseios da categoria.

De acordo com a diretoria, em plena campanha de data-base, com servidores descontentes e mobilizados, a prefeitura, alem de não atender as principais reivindicações, ainda tomou medidas consideradas autoritárias e anti democráticas, que aumentaram o descontentamento dos trabalhadores.

Segundo o sindicato da categoria, as medidas tomaram pela prefeitura que culminaram com radicalização da categoria em paralisar as atividades foram essas:

1. Retirada da insalubridade dos funcionários de escola que já ganham pouco, inclusive a maioria recebe complementação de salário mínimo;

2. Retirada de gratificação dos professores que trabalham com alunos com deficiência;

3. Forçar as pessoas que foram contratadas antes de 2002 a trabalhar 8 horas diárias, sendo que a maioria das pessoas são idosas e que há mais de 20 anos sempre trabalharam apenas um turno, pois não foi determinado no contrato que era dois;

4. Determina que os vigias agora cumpram também o papel de porteiro;

5. Suspensão da licença prêmio dos servidores;

7. Lotação dos funcionários de escola do último concurso nas escolas da zona rural;

8. Retirada de gratificação dos professores que trabalham no mais educação.

9. Apresentou uma contra proposta de apenas de apenas 3% de reajuste salarial, quando a categoria pedia 10.

10. Pagamento de 50% do décimo terceiro paras as demais secretarias, deixando a educação de fora e sem dar uma satisfação para o sindicato da categoria.

Servidores decidiram que a partir desta quinta feira, as escolas serão fechadas e haverá manifestação e protesto contra a prefeitura. A categoria se reunirá novamente nesta quinta feira (07/07) para organizar um calendário de manifestações e protestos diante do não atendimento das propostas assim como também do “pacote de maldades” determinados pela prefeita.

fonte: Portal Tarauacá

Nenhum comentário: