Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Conversei com o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB) que me garantiu ter condições jurídicas para disputar as eleições de 2018. “Sou hoje um homem preparado para disputar qualquer candidatura no Acre. Seja para governador ou senador, as únicas candidaturas que poderei disputar,” disse ele. Apesar de ter deixado a prefeitura, Vagner deixou um caminho aberto para sonhos mais altos. Ajudou a eleger quatro dos cinco prefeitos dos municípios do Vale do Juruá. Mais importante ainda foi ter feito seu sucessor em Cruzeiro do Sul, o que mostra a aprovação das suas duas gestões seguidas. Articulou nos bastidores para colocar uma presidente da oposição na Associação dos Municípios do Acre (AMAC), quebrando o favoritismo do prefeito da Capital, Marcus Alexandre (PT). Em 2014, elegeu a sua filha Jéssica Sales (PMDB) deputada federal numa campanha rápida. E a moça tem feito um mandato bem avaliado. Assim juntou um capital político considerável que o fortaleceram para rugir como um leão quando começarem os debates das candidaturas majoritárias de oposição em 2018.

Alternativa profética
Caso o senador Gladson Cameli (PP) não dispute o Governo, Vagner já se posicionou de maneira clara como uma alternativa. Acredito ser esse o sonho maior do Leão do Juruá. Mesmo porque existe uma profecia do irmão José, um místico que andou pelo Juruá nos anos 60, de que o “menino do seringal” ainda governaria o Estado. Pelo jeito Vagner acredita nas palavras do profeta.

Tudo pode acontecer
Uma candidatura só se consolida depois do registro no TRE. Por enquanto, o período é de especulação. Não acredito que Vagner saia candidato se Cameli confirmar as suas intenções. Mas um ano e meio na política é uma eternidade e tudo pode acontecer.

Nelson Liano Jr. - 01/02/2017 07:22:44

Nenhum comentário: