Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

domingo, 23 de outubro de 2016

DETENTO É COMIDO POR COMPANHEIROS DE CELA DURANTE REBELIÃO.

O caso ocorreu no início de setembro, mas, só agora, o pai de Juan Carlos Herrera Jr veio a público por não conseguir os restos mortais do filho.
Uma rebelião acabou em tragédia na prisão de Táchira, na Venezuela. Um dos prisioneiros foi enforcado, desmembrado e comido por companheiros de cela após mais de 350 presos se revoltarem com as condições do local. O caso ocorreu no início de setembro, mas, só agora, o pai de Juan Carlos Herrera Jr, 25 anos, veio a público por não conseguir os restos mortais do filho.
“Meu filho e outros dois presos foram pegos por 40 detentos, espancados, enforcados e depois desmembrados para que outros pudessem comê-los. O preso com o qual eu conversei disse que foi agredido e obrigado a comer o que sobrou dos garotos”, disse Juan Carlos Herrera às emissoras locais, segundo o Telegraph.De acordo com a emissora Fox News, uma fonte do presídio confirmou a história. “Dois presos estão sumidos. Eles os cortaram e comeram juntos. Os ossos desapareceram”, contou. O pai de Juan Carlos pede apenas que a ossada do filho seja devolvida para que ele dê um enterro digno ao rapaz. O governo nega que tenha ocorrido canibalismo na cadeia, mas afirma que o detento está desaparecido.
Por conta da crise na Venezuela, vários presos estão morrendo de fome nas penitenciárias. Também não há alimentos em supermercados e muitos restaurantes fecharam as portas.
Da redação avozdafronteira.com
Fonte : Metropoles.com “Conteudo Fox News”.

Nenhum comentário: