Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Cerco total à Guerra do Crime: Polícia monta Operação Abafa no fim de semana


O final de semana na capital deve ser marcado por intensa movimentação policial. A ordem é identificar, localizar e prender os supostos integrantes do Comando Vermelho que teriam chegado esta semana em rio Branco e que estariam matando integrantes da facção rival Bonde dos 13 em vários pontos da cidade. Da mesma forma, as forças de segurança querem impedir a reação do bando criminoso acreano, que na noite de quinta-feira promoveu a invasão de pavilhões da Penitenciária Francisco de Oliveira Conde para massacrar presos ligados ao CV. Até a tarde de hoje, a notícia é que os incidentes na prisão deixaram quatro mortos – três no momento da invasão e mais um hoje pela manhã, no HUERB, que não resistiu aos ferimentos – e mais onze detentos internados, alguns em estado grave.
Mortos em rebelião no FOC, Antônio Carlos Alves da Rocha Filho, 22 anos, Benevenuto Lima, de 27 anos, ,Edson Silva de Almeida, de 25 anos, é de Brasileia,

Com equipes fortemente armadas, reforçadas por equipamento cedido pelo Exército Brasileiro, os policiais militares e civis estão promovendo blitz e montando barreiras em muitos bairros. Pelo menos 11 pessoas que seriam ligadas ao Bonde dos 13 teriam sido assassinadas pelo grupo rival nas últimas goras. Duas cabeças decepadas foram encontradas: uma perto da estrada do Panorama, na região do São Francisco e outra no Conjunto Esperança. Outro homem foi morto a tiros na proximidade de bairro Canaã. Um dos homens decapitados teria sido identificado como “informante da polícia”. As forças de segurança autorizaram que os militares que possuem armamento pesado registrado como armas de coleção possam usar esses equipamentos para proteção pessoal e para o serviço. Todas as licenças de policiais e militares estão suspensas, a ordem é de alerta máximo.

Familiares na porta do presídio

A Polícia desconfia que um assalto na agência do Banco do Brasil da via Chico Mendes, ocorrido no domingo possa ter servido para captar dinheiro para a manutenção das forças criminosas que chegaram ao Acre. O banco estima que R$ 500 mil tenham sido levados e abriu sindicância por considerar que ao assaltantes teriam tido apoio de alguém que conhecia as dependências internas da agência. Os bandidos do Comando Vermelho teriam vindo ao Acre com ordem de matar.
Cabeça encontrada no Bairro São Francisco
A guerra de quadrilhas que acontece na capital é reflexo de um conflito nacional entre o Comando Vermelho e o PCC. No Acre, a facção Bonde dos 13 teria se aliado ao primeiro Comando da Capital para fazer frente ao CV. A guerra entre os grupos é total. Na quarta-feira, os enviados pelo CV ao Acre tentaram invadir a “Papudinha”, de Regime Semiaberto para liquidar integrantes do bando dos 13, que reagiu na sexta-feira á noite atacando, com a suposta conivência e ajuda de agentes penitenciários, os pavilhões onde se encontram os presos do grupo rival no regime fechado da Penitenciária.

Em todo o sistema penitenciário do estado a segurança foi reforçada, as visitas suspensas e os procedimentos internos revistos. Um pente-fino em todas as celas será comandado por tropas de elite da PM, que permanecerão monitorados as instalações.

O governo não informou a identidade dos agentes penitenciários detidos e nem confirmou se teriam vínculos com o CV. Outros três agentes penitenciários foram feridos, mas estão fora de perigo.
Fonte: jornal a tribuna

Nenhum comentário: