Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

JORDÃO: Com candidatura de Esperidião indeferida, Turiano e Elson Farias fazem plebiscito em Jordão


PSDB e PCdoB fazem uma espécie de plebiscito no município de Jordão, no Acre. O terceiro candidato, o peemedebista Esperidião Menezes, segundo o Tribunal Regional Eleitoral, não reuniu as condições necessárias para o registro de candidatura. O caso está em grau de recurso.

Elson Farias é candidato à reeleição pelo PCdoB. A Frente Popular de Jordão reúne ainda, PT, PDT e PSB. Com ensino médio completo, aos 40 anos, Farias foi eleito prefeito em 2012 com 1.585 votos. O vice foi Bibil Aragão. Eles repetem a dobradinha nas eleições deste ano. Entre as riquezas acumuladas com o passar dos anos, o prefeito comunista declarou 40 cabeças de gado, tem um patrimônio total avaliado em R$ 110 mil. Em novembro do ano passado, Farias foi multado pelo Tribunal de Contas do Estado por contratar acima do que permite a Lei de Responsabilidade Fiscal. De acordo o relatório do conselheiro Ronald Polanco, o gestor nada fez para reduzir gastos públicos.

Um ano mais novo, aos 39, Turiano Filho é o candidato a prefeito pelo PSDB. Ele foi candidato em 2012 e ficou em terceiro lugar com uma votação de 492 votos. Casado e natural da cidade de Tarauacá, Filho conta com o apoio do deputado federal Major Rocha, apresentou um patrimônio de R$ 32 mil e coligou com o PP. A articulação feita pelo tucano esse ano, enfraqueceu as candidaturas de Esperidião Menezes e o próprio prefeito Elson Farias.


Com o registro de candidatura indeferido pelo TRE-AC, Esperidião Menezes concorre através de recurso nas eleições deste ano. O PMDB sempre foi o partido mais forte da oposição em Jordão. Nas eleições de 2012, Menezes foi o segundo mais votado, com 1.178 votos. Este ano, após as manobras feitas pelo PSDB, ele chegou a pensar em concorrer como vice de Elson Farias, mas teve postura desaprovada pela cúpula do partido.

Turiano Filho, articulou um movimento político que deixou as pretensões do peemedebista de voltar ao comando do executivo enfraquecida. A vinda do vereador Guedes Oliveira do PMDB para o ninho tucano, além de conseguir o apoio dos três vereadores do PP – em troca o Partido indica a vice na chapa PSDB/PP foi um golpe aos planos de Esperidião Menezes.

Após este revés, tanto o prefeito Élson Farias – que conta apenas com o apoio de dois parlamentares no momento, quanto Esperidião ficaram enfraquecidos.

Veja mais aqui

Nenhum comentário: