Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Acre é o estado da Amazônia Legal que menos desmatou em maio


Segundo dados do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), o Acre foi o estado da Amazônia Legal que menos desmatou em maio deste ano. A região registrou 474 quilômetros quadrados de desmatamento no mês passado, a maior parte em terras privadas.
Amazonas, Rondônia e Pará juntos concentraram 80% do desmatamento. Em comparação ao mesmo período de 2015, quando o desmatamento somou 388 km², o dado representa um aumento de 22%.
O Amazonas foi responsável por 37% (177 km²) do desmatamento registrado em maio, Rondônia por 22% (103 km²), Pará por 21% (101 km²) e Mato Grosso, 15% (70 km²). Os estados com menor ocorrência foram Roraima, com 3% (14 km²), Tocantins (6 km²) e Acre (3 km²), com 1% cada.
A diretora técnica do Instituto de Mudanças Climáticas (IMC), Vera Reis, observa que o resultado é fruto das políticas públicas ambientais. “Desde a instalação da Força-Tarefa Ambiental na Casa Civil, nos últimos anos, as instituições não pararam de trabalhar, principalmente no suporte aos pequenos produtores, extrativistas e indígenas. Implementamos ações alternativas que substituem a derrubada e queimada de árvores para plantio dos roçados”, frisou.
Diferentemente de outros estados da Amazônia, em 2015 o Acre registrou uma redução de 10% no desmatamento ilegal. A meta do governo do Estado é zerar a taxa até 2018. O secretário de Estado de Meio Ambiente, Edegard de Deus, ressalta que o governo tem incentivado a produção sustentável no Acre.
“Por meio das políticas públicas, temos consolidado o uso sustentável das nossas florestas e a ocupação ordenada das áreas abertas, com uma produção sustentável que nos permite continuar reduzindo o desmatamento ilegal, ao passo que avançamos na geração de renda das famílias acreanas”, enfatizou o gestor.

Com informações Contilnet Notícias 

Nenhum comentário: