Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

domingo, 5 de junho de 2016

Casal desaparece e carro é Encontrado queimado em ramal


A Polícia Civil da capital tentar esclarecer o mistério que envolve o desaparecimento de um casal. O funcionário aposentado da Assembleia Legislativa Arnaldo dos Reis Praxedes (63) e a jovem Railene Ganun da Silva (19) saíram na manhã de quinta-feira (2), da casa da garota que tem um filho com o idoso, no Jardim Eldorado e não mais foram vistos. O carro de Praxedes, um Fox Ford foi encontrado queimado em um ramal da Estrada do Amapá.
Informações dão conta que uma testemunha viu quando o carro dirigido por outra pessoa e seguido por um mototaxista entrava no ramal do Pica-Pau por volta de 20h e minutos depois era 


encontrado queimado. Nem um sinal do casal foi encontrado no carro queimado e nas adjacências. O desparecimento foi registrado inicialmente na 1ª Regional (Cadeia Velha), área onde mora o servidor aposentado.


Até ontem a Polícia Civil não tinha maiores informações a respeito do caso, que pode se tratar de um crime passional. No registro feito por familiares da garota consta que Arnaldo Praxedes tem um filho com Railene, e na manhã de quinta-feira (2) foi até à casa da jovem com o intuito de leva-la ao local de trabalho aonde não chegou. Desde então o casal não mais foi visto desaparecendo como num passe de mágica.


Familiares de Railene estranharam o fato da mesma não retornar para casa como fazia normalmente e foram tomados pelo desespero, quando a polícia os procurou para comunicar que o automóvel Fox Ford de propriedade de Arnaldo Praxedes, que é funcionário aposentado da Assembleia Legislativa havia sido encontrado queimado no Ramal do Pica-pau, na Estrada do Amapá.
Policiais militares que investigaram o caso inicialmente, disseram que um moradora afirma que por volta de 20h de quinta-feira se deslocava de ônibus para a cidade, quando viu o carro de Praxedes dirigido por um homem, que era seguido por um mototaxista entrar no ramal. Mais tarde quando retornou esta tomou conhecimento que o veículo fora encontrado incendiado. Crime passional é uma das hipóteses. No Face Book de Arnaldo Praxedes a polícia encontrou duas mensagens enviadas as 17h por uma mulher afirmando: “Estou precisando”. “Porra com é difícil falar com você”.
fonte www.guiademidia.com

Nenhum comentário: