Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

domingo, 15 de maio de 2016

Agricultor é Brutalmente Assassina em Festa em Uma Colonia no Ramal da Divisa em Feijó

Agricultor é Brutalmente Assassina em Festa em Uma Colonia no Ramal da Divisa, a tiros de espingardas e a golpes de terçados. Mas Policiais Agem Rápido e Prendem os Suspeitos de Cometerem o Crime.
De acordo com informações policiais na noite dessa sexta-feira, 13, por volta das 20h:30, a guarnição da policia civil foi informada de um assassinato ocorrido em uma colonia no final do ramal da divisa, seringal recreio, algo em torno de 25 quilômetros distante da cidade de Feijó. De imediatos montou-se uma força tarefa composta de policiais civis e do CB PM Laurentino e iniciaram as diligencias, mas devido as péssimas condições dos ramais que da acesso até está colonia. 

A força tarefa composta por policiais civis e militares  deram continuidade no processo investigatório e nas busca para prenderem os assassinos, e no inicio da manhã deste sábado, conseguiram alguns quadriciclos e deslocaram para a colonia e deixaram os quadriciclos nas proximidades da colonia e seguiram de pé, e chegando lá encontraram o corpo do agricultor Antonio Acácio de Menezes, conhecido e chamado por todos de Raimundo Moleza, 50 anos, jogado no chão, as margens de um roçado. 

Os policias continuaram, durante todo o dia de hoje e após um longa e demorado processo investigatório, ouvindo testemunhas, parentes, amigos e vizinhos e duras buscas, ando de pés, caminhos e varadouros   a operação militar teve êxito 

prenderem Railson Nogueira da Silva, 22 anos, suspeito de dado o tiro nas costas do agricultor Raimundo Moleza e Manoel Caetano da Silva, 35 anos, suspeito de dado as terçadas no agricultor Raimundo Moleza
.
Os suspeitos de cometerem o crime Railson Nogueira da Silva e Manoel Caetano da Silva, juntamente com as armas do crime dois terçados e uma espingarda foram conduzido e entreguem ilesos na delegacia de policia civil para que seja tomas as medidas cabíveis. 
E por lugar de difícil acesso os policiais civis e militar, tiveram que carregar o defunto em uma rede amarrada em um pau.
fonte   acrefeijonew.blogspot.com.

Nenhum comentário: