Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

DIREITA UNIDA NA DITADURA PMDB-PSDB

"Depois de Aécio, o presidenciável será do PMDB. Mais adiante ainda, poderá ser do PSDB de novo, com Doria. E assim sucessivamente. Se Temer não afundar ainda mais a economia", prevê Alex Solnik, lembrando que os partidos da direita, unidos, têm 2/3 da Câmara e do Senado e que, juntos, "têm chance de eleger os próximos presidentes da República"; "No Congresso Nacional, PSDB e PMDB também poderão fazer dobradinha. Na próxima eleição, em 2017, presidentes da Câmara e do Senado tucanos com apoio do PMDB; em 2019, presidentes peemedebistas com apoio do PSDB. E, claro, o DEM contemplado com vários ótimos cargos", diz ainda; "Se eles conseguirem seguir unidos, se conseguirem se entender quanto ao que cabe a cada um nesse latifúndio, podem deixar o PT na seca pelo mesmo período – vinte anos - em que vai vigorar a PEC 241, que muitos já começam a chamar de AI-6: o pontapé inicial da ditadura PMDB-PSDB"

Nenhum comentário: