Contato: joaoregotk@hotmail.com -----68 99987-8418

sábado, 11 de junho de 2016

‘Até o juiz ficou surpreso’, diz Adão casado com Eva há 20 anos


Podia ser só mais um casal como tantos outros, se não fosse uma característica inusitada. Adão da Silva, de 44 anos, conheceu e se apaixonou por Eva Alves, de 39 anos, quando ainda eram adolescentes. Nascidos em cidades diferentes no interior do Acre, o improvável aconteceu, os dois se encontraram no mesmo local e estão casados há 22 anos.


Como na Bíblia, em que ela foi feita a partir da costela dele para que vivessem juntos, Adão e Eva do Acre também acreditam que o encontro dos dois foi planejado por Deus. Apaixonados, os dois são categóricos ao concordar que devem ficar juntos "para sempre".


“O que sinto é que ela é minha esposa para sempre. Deus já tinha escolhido o caminho”, diz Adão. “Quando nossos pais escolheram nossos nomes havia um propósito, já foi tudo enviado por Deus para dar certo. Tínhamos tudo para tomar rumos diferentes”, fala Eva. “Somos almas gêmeas”, concordam os dois entre risadas.
Adão nasceu em Xapuri, distante 188 km de Rio Branco. Eva, por sua vez, é natural de Feijó, a 366 km da capital acreana. As duas famílias deixaram suas respectivas cidades e viajaram até a cidade de Senador Guiomard, onde os dois se conheceram. No início, segundo as lembranças do casal, a partir de uma amizade, aos poucos, o interesse por algo sério foi gerado.
“Senador Guiomard era muito pequena e todo mundo se conhecia. Cada um visitava a casa do outro. Meus pais conheceram o pai dele. Com as visitas, fomos nos conhecendo melhor e isso foi gerando um interesse de começar um namoro. Também nos víamos na igreja, mas começou pela amizade entre as famílias”, conta Eva.
O namoro, na época, era bem diferente, tudo era um compromisso, segundo Eva. "Aos finais de semana a gente se encontrava e conversava. Na minha época, era mais namoro mesmo, conversa. Passou para o noivado, era aliança no dedo, preparação para o casamento. Não vejo mais essas coisas. Hoje, é muito ficar e casamos com o pensamento de ficar para sempre".


Origem dos nomes
Eva diz que devido aos pais serem evangélicos os nomes de todas as mulheres da família foram retirados das histórias bíblicas. "Minha mãe teve 11 filhos, todos com nomes bíblicos. O meu nome não podia ser diferente. Das mulheres nós temos Miriam, Léia, Isabel, Damares, Diná e eu, que sou Eva. O Eva para mim foi a propósito para conhecer o Adão", relata.
Adão fala que não sabe muito bem o motivo da escolha dos pais, mas suspeita que tenha sido para combinar com o nome de uma das irmãs, que também se chama Eva.
"Perdi minha mãe cedo, fui criado com minhas irmãs. Meu pai nunca me disse, mas minha família são nove mulheres e eu. Uma delas se chama Eva. Depois que colocou o nome dela, ele decidiu".
A referência bíblica chama atenção, segundo o casal acreano, e muitas vezes é motivo de piada por parte dos amigos. "No casamento, até o juiz ficou surpreso e disse que aquele seria o primeiro casamento que ele fazia entre Adão e Eva. Geralmente é motivo de piadinha", contam.
Até os colegas de trabalho de Adão, que trabalha como pedreiro, costumam fazer brincadeiras. "Muita gente, onde estou trabalhando, as pessoas ficam com brincadeira. Como meu nome é Adão, eles ficam perguntando onde está a Eva e eu respondo que está em casa. Eles ficam sempre com brincadeira", finaliza.
fonte g1.globo.com

Nenhum comentário: